Mais detalhes sobre a nova permissão de trabalho para estudantes nos EUA

foto visto americano

por Maria Claudia Oliveira, Digital Marketing Specialist da ILSC

Muitas pessoas nos procuraram nas últimas semanas querendo saber mais detalhes sobre a nova extensão de vistos de trabalho OPT (Optional Practical Training) para estudantes nos EUA, que publicamos neste post. Como o processo é mesmo difícil de entender,  resolvemos criar um passo a passo de como aplicar para os cursos que dão direito a essa extensão. Por enquanto, apenas cursos da área STEM (em bom português, Ciência, Tecnologia, Engenharia e Matemática) dão direito ao tão sonhado visto de trabalho. São ao todo cerca de 200 programas nos EUA. Então vamos lá:

 

1. Escolha seu curso

Veja a lista de cursos que dão direito a extensão de visto de trabalho aqui: https://www.ice.gov/sites/default/files/documents/Document/2016/stem-list.pdf

2. Inscreva-se na universidade desejada

Aqui você tem dois caminhos: procurar diretamente a instituição desejada para tentar o processo de aplicação por conta própria; ou se inscrever num programa como o University Pathway da ILSC, através do qual você pode:

  • conseguir transferência para um dos colleges ou universidades parceiros sem a necessidade dos testes IELTS ou TOEFL.
  • escolher entre mais de 70 programas de mestrado e doutorado na América do Norte que aceitam a transferência através do University Pathway Program
  • obter uma carta de aceitação condicional da universidade ou college escolhido
  • .ser apresentado ao ambiente acadêmico através de palestras e aulas oferecidos pelas escolas parceiras
  • obter suporte para atingir seus objetivos através do ILSC’s Academic Excellence Assurance

Você só poderá aplicar para a extensão OPT quando estiver cursando a escola que escolheu.

18065181064_f31960abde_k

 

3. Entenda o que é o OPT

Optional Practice Training é um emprego temporário que deve estar diretamente relacionado com a principal área de estudos de quem tem o visto F-1. Os alunos elegíveis podem aplicar para receber uma autorização de trabalho de até 12 meses antes de se formar (“pre-completion”) e/ou depois de se formar. Isso significa que, se você optar por começar a trabalhar antes de terminar o curso, esse período será descontado do total de dois anos a que tem direito. E caso escolha começar a trabalhar antes de se formar, o aluno já deve ter completado pelo menos um ano de estudos full time, podendo trabalhar part-time durante o período de aulas e full time durante o período de férias. Caso escolha trabalhar após a conclusão do curso, o estudante poderá trabalhar part-time ou full time. Saiba mais sobre O OPT aqui. (https://www.uscis.gov/working-united-states/students-and-exchange-visitors/students-and-employment/optional-practical-

4. O que mudou com as novas regras?

Agora, estudantes que se formarem em certas áreas dos cursos STEM poderão aplicar para uma extensão de mais dois anos de sua autorização de trabalho OPT, com as seguintes condições:

  • Ser um estudante com visto F-1 que tenha se graduado em uma das áreas designadas STEM Designated Degree Program List.
  • Estar empregado por uma empresa inscrita no E-Verify (https://www.uscis.gov/e-verify), um sistema online que permite aos empregadores verificarem se seus empregados têm permissão legal de trabalho.
  • Ter recebido a permissão de OPT após o término dos estudos baseada em diploma de um curso incluído na lista STEM

5. Aplicando para o OPT

Se você tem o visto F-1 e quer aplicar para o OPT, você deve:

  • Solicitar que o DSO (Designated School Official) de sua instituição acadêmica recomende o OPT. O oficial fará isso assinando seu formulário I-20 e fazendo o registro no
  • Preencher corretamente o formulário para autorização de trabalho Form I-765, Application for Employment Authorization, e  submetê-lo acompanhado pela taxa de inscrição e a documentação necessária descrita nas instruções do formulário.

foto bandeira usa

6. Mas afinal, o que é o visto F-1?

Há dois tipos de categorias de vistos de estudos para não imigrantes nos Estados Unidos. Estes vistos são comumente conhecidos como F e M.  Você pode entrar na categoria F-1 ou M-1 desde que se encaixe nos seguintes critérios:

Você precisa estar matriculado num programa educacional acadêmico, um programa de treinamento de idiomas ou um programa vocacional.

  • Sua escola deve ser aprovada pelo Student and Exchange Visitors Program, Immigration & Customs Enforcement
  • Você precisa estar matriculado como estudante full-time nesta instituição
  • Você deve ser proficiente em inglês ou estar matriculado em cursos para proficiência em inglês
  • Você deve ter fundos suficientes para se sustentar durante toda a duração do curso

O F-1 Visa (para estudos acadêmicos) permite que você entre nos Estados Unidos como estudante full-time numa instituição credenciada, seja college, universidade, seminário, conservatório, ensino médio acadêmico, ensino fundamental, ou outra instituição acadêmica ou programa de treinamento de idiomas. Você deve estar matriculado num programa ou curso que leve a um degree, diploma ou certificate, e sua escola deve estar autorizada pelo governo americano para aceitar estudantes internacionais.

Mais informações sobre o STEM OPT extension, você encontra na página Optional Practical Training Extension for STEM Students (STEM OPT).

 

Comments

comments

*

*

Top

All ELICOS programs are part of the English Language Programs for International Students CRICOS Code: 060152J.
ILSC (Brisbane) PTY LTD is trading as ILSC-Brisbane, ILSC-Sydney, ILSC-Melbourne, ILSC-Adelaide, Greystone College and ILSC Australia RTO Number 31564, CRICOS Code: 02137M.
Greystone College of Business and Technology (Toronto) Inc. (Greystone College (Toronto)), Greystone College of Business and Technology (Greystone College (Vancouver)),
Collège Greystone (Greystone College (Montréal))and ILSC India PVT Ltd (operating as Greystone College (New Delhi)) herein collectively referred to as “Greystone College”.