Aventura no Canadá

Colaboração do  Klinsmann Joel

Todos nós queremos viver uma grande aventura em algum lugar diferente, ainda mais se estamos querendo aprender uma nova língua. Para os interessados em aprender inglês ou francês, o Canadá é uma das melhores opções. Eu estive lá e posso dizer que a aventura valeu muito a pena. Nesse post eu vou mostrar algumas fotografias que fiz enquanto conhecia esse país lindo, com as legendas tiradas do meu diário de viagens. Fui para Vancouver e meu verão lá foi incrível, é uma estação mágica naquela cidade. Tudo ganha vida e beleza por lá. O pôr do sol, os parques, as montanhas, as pessoas, o clima… tudo isso combinado faz com que vivenciar a cidade seja mais agradável. Eu visitei outras cidades no Canadá e nos EUA enquanto estava na América do Norte, mas para ser sincero, sempre gostei mais de Vancouver dentre todas elas.

joel foto 1

“Cheguei ao lugar onde  vou morar. Fica em Burnaby, na região metropolitana de Vancouver. Aqui é muito lindo, parece um sonho morar  na montanha. Tem um parque bem perto de onde eu moro. Fui lá hoje pela primeira vez e, quando cheguei, não parava de pensar por que não tinha ido antes.”

 

joel foto 3

“Estou indo para Banff; estou na frente de uma praia linda que paramos. Está bem ensolarado e quente hoje. Toquei na água, e pela primeira vez não estava super fria. Tive que parar para observar o quão sortudo eu sou nesse momento, estou rodeado de uma beleza exuberante, tendo o melhor verão da minha vida e colecionando essas memórias incríveis…”

 

Eu me senti conectado a Vancouver e às pessoas. E se tem algo que eu preciso destacar sobre o Canadá é o povo maravilhoso que vive nesse país. As pessoas no Canadá eram incríveis, dos garçons aos executivos. Eles eram educados e gentis. Nos primeiros dias, eu andava com um mapa o tempo todo para não me perder, e toda vez que alguém me via com o mapa em mãos me perguntava se eu precisava de ajuda para chegar em algum lugar. Eu nem precisava perguntar. Fiquei muito impressionado com isso, como as pessoas em Vancouver gostavam de ajudar.

joel foto 4

“Estou na praia que eles chamam de praia do pôr do sol. Fica no centro da cidade, perto do hotel que estou. Eu não consigo descrever em palavras o quão bonito é esse lugar. Tem uma família com duas garotinhas na minha frente, elas estão tocando a água e correndo até os pais para eles secarem as mãos delas, porque a água tá bem fria. Elas já fizeram isso centenas de vezes, uma fofura.”

 

joel foto 6

“Estou no meio do oceano agora, viajando para Victoria. A beleza das ilhas por onde estamos passando é inacreditável, mas já sinto saudades de Vancouver. Estou amando cada dia lá, cada momento e algumas pessoas lá já são especiais para mim.”

Uma coisa interessante que aconteceu comigo em Vancouver foi numa sexta-feira à noite, quando eu estava numa parada esperando pelo próximo ônibus e um morador de rua se aproximou de mim. Fiquei com um pouco de receio no começo porque era tarde da noite e eu estava apenas com um amigo, mas eu não tinha nada para me preocupar. Ele veio avisar que aquela parada de ônibus não funciona às sextas à noite. Consegue imaginar isso? Alguém que pede dinheiro para sobreviver e precisa de ajuda se preocupando com pessoas que ele nem conhece? E mesmo depois que ele me ajudou e me mostrou onde ficava a parada de ônibus correta, não pediu dinheiro, em nenhum momento. Fiquei impressionado com aquele homem e sua atitude.

joel foto 5

“Nem acredito que estou viajando de trem para Seattle, sempre quis fazer isso. Estou escrevendo enquanto olho para a vista na janela, tão perfeita. Estamos viajando pela costa e é muito perto da água. As cidades por que passamos são tão pequenas e bonitas, parece que saíram de um filme.”

 

joel foto 7

“Em Vancouver até os prédios são conectados com a natureza. Tem árvores no topo de alguns prédios e árvores e flores nas calçadas. É muito bom ver a natureza por todo o lugar, faz tudo ficar mais bonito. Estou no Stanley Park agora, é um parque gigante no centro da cidade, ainda preciso andar de bicicleta por ele todo.”

Posso dizer que ter gostado de Vancouver foi uma combinação de coisas, mas eu diria que a principal delas era porque eu estava aberto a coisas novas: novos amigos, cultura, lugares, comidas. Esse é o fator principal para se aproveitar uma aventura fora do seu país. Então, se você está querendo viajar para conhecer um novo lugar, aprender um novo idioma ou até visitar um amigo que se mudou, encare essa nova experiência como algo que vai acrescentar a sua bagagem de vida e aproveite cada segundo.

Comments

comments

*

*

Top