7 motivos pra você fazer intercâmbio no Canadá durante a primavera

 

Tudo bem, não vamos culpar você por pensar em neve e montanhas branquinhas sempre que ouve falar em Canadá. Afinal, lá tem mesmo um monte de montanhas branquinhas e a neve é comum em boa parte do país.

Mas quem conhece a primavera canadense concorda: é de cair o queixo. Junte a isso um país organizado e um povo que é gentileza pura.

O resultado é que a primavera canadense pode virar o primeiro capítulo de uma nova história pra você. Seja ela um intercâmbio, curso de inglês no exterior ou até mesmo o começo de uma vida nova.

Juntamos aqui 7 razões para isso:

 

1 – Cherry Blossoms

Cidades como Toronto, Vancouver e Montreal possuem uma enorme quantidade de cerejeiras, também conhecidas como sakuras no Japão.

E se você já viu alguma foto de várias delas floridas ao mesmo tempo, deve ter achado bonito demais pra ser verdade. Mas, pode acreditar, toda aquela beleza é real.

E o mais bacana é que quando acontece a Cherry Blossom (o nome da época em que as cerejeiras estão carregadas de flor) as cidades florescem junto, com programações das mais diversas acontecendo pelos parques e ruas próximas às sakuras.

Saiba mais sobre as Cherry Blossoms que acontecem em Toronto, Montreal e Vancouver.

 

intercambio-canada-1

 

2 – Festivais Gastronômicos

Quem mora no Canadá acaba se comportando um pouco como os ursos. Quando o tempo começa a esquentar, é época de sair da toca e se alimentar pra valer!

Daí entram em cena os inúmeros festivais gastronômicos pelas principais cidades do Canadá.

Além disso, o canadense adora um food truck e, graças ao perfil multicultural do país, você encontra desde quitutes gregos e cozidos indianos até moqueca filipina (sinugno, para os íntimos).

 

intercambio-canada-7

 

3- Farmer’s Market

Sabe as feiras do Brasil? No Canadá elas acontecem na primavera e no verão e se chamam Farmer’s Market.

A variedade das Farmer’s Market vai chamar sua atenção. Tudo é fresquinho e, o melhor, muitas vezes orgânico.

A cultura dos alimentos livres de agrotóxicos no Canadá é forte e já bem estabelecida.

Vale a pena se perder entre as barracas e permitir-se conhecer alimentos que matam a saudade de indianos, chineses, latino-americanos e filipinos, as maiores comunidades de imigrantes do país.

Confira aqui mais sobre as Farmer’s Market e a sua programação.

 

farmers-market

 

4 – Pedalar à vontade

Não sei se você já ouviu falar no termo “bike friendly”. Ele define se o lugar é preparado para quem prefere pedalar.

Neste ponto, as principais cidades do Canadá são mega bike friendly.

As ciclovias estão por todos os lados e os motoristas respeitam o ciclista como se fosse um carro, dando espaço e vez no trânsito.

Ainda bem, porque alugar (ou comprar) uma bike no Canadá e pedalar entre os inúmeros parques e espaços abertos das cidades é um programa e tanto.

Leve junto uma toalha de mesa mais alguns comes e bebes e você estará preparado para o nosso próximo o tópico.

 

intercambio-canada-3

 

5 – Picnics

O picnic no Canadá já virou um patrimônio cultural. Quando chega a primavera você começa a ver as toalhas de mesa pipocando nos parques e gramados das cidades.

É cômodo, é fácil, é seguro e, todo canadense concorda, é uma das melhores formas de aproveitar o dia que ficou mais longo com a mudança de estação.

Leve algumas frutas, um bom pedaço de pão, queijo ou até sua marmitinha preferida (sim, por que não?) e deixe a preguiça bater sem medo.

Mas lembre-se: beber em público é proibido em terras canadenses. Portanto, nada de álcool no seu pic-nic.

 

intercambio-canada-6

 

6 – Outdoor Shows

Tem uma coisa que é complicada durante a primavera no Canadá: escolher qual o seu programa ao ar livre favorito.

Vancouver, Toronto e Montreal recebem tantas apresentações nos seus parques e espaços públicos durante a temporada primavera-verão que fica difícil decidir se você quer assistir ao concerto de música clássica no parque ou ao teatro de marionetes na praça.

Ainda mais em 2017, quando o Canadá deve completar 150 anos de existência como país. Saiba mais sobre a programação deste ano histórico.

 

intercambio-canada-7

 

7 – Parar e respirar é ótimo

Quando a gente vai fazer intercâmbio fora, leva junto muita vontade de explorar, bater foto, comer um monte, fazer amigos, sair à noite e no outro dia começar tudo de novo.

Nada contra, tem mais é que aproveitar mesmo. Mas, se você estiver em plena primavera em Vancouver, por exemplo, vai ganhar muito se parar de vez em quando, simplesmente respirar e observar.

Não só porque a cidade tem umas das melhores qualidades de ar do mundo, mas porque ela é bonita demais.

Pra qualquer horizonte que você olha, tem uma montanha te olhando de volta e geralmente o mar entre vocês dois.

Em Toronto, quando você menos espera, tá dentro de um parque. São 1500 ao todo! Um absurdo de verde e qualidade de vida.

Todos bem preservados, com espaços de convivência e uma natureza cheia de cores, ainda mais na primavera.

Montreal também tem paisagens incríveis e um sem fim de pequenos bistrôs e cafés.

Peça uma xícara, sente numa mesinha na calçada para curtir o clima da primavera e observe as pessoas conversando em francês.

Daí, tente não se sentir em Paris.

Mas, pra fazer tudo isso, tem que dar um breque na correria de turista.

Senão, você vai passar batido por um monte de detalhes bacanas. Portanto, pare e olhe ao redor.

Você vai colher momentos preciosos que só o Canada consegue oferecer.

 

intercambio-canada-8

 

Quer aprender inglês de verdade no Canadá em plena primavera? A ILSC tem várias opções de cursos com início também em março, maio e junho.

 

Você também pode escolher se preparar para o IELTS ou mesmo cursar o University Pathway Program da ILSC , que abre as portas de vários colleges e universidades no Canadá pra você.  

Comments

comments

Related posts

*

*

Top